Não enxerguei uma letra sequer, mas a médica deu nota 10 e disse: “Pode dirigir, meu bem”

Nesse festival de corrupção oficializada que virou o esquema de renovação da carteira de habilitação com limpeza de pontos, a única coisa lícita que os condutores ainda são obrigados a fazer é o exame médico. Lícita, mas nem por isso séria.

Eu e o Julio passamos pela mesma “médica”, uma senhora oriental de uns 70 e poucos anos que pode ser tudo na vida, menos uma pessoa capaz de avaliar se o condutor tem ou não condição de dirigir. O “exame” dele já foi há algum tempo e ele não lembra dos detalhes, lembra apenas que saiu de lá rindo para não xingar. Eu fui na mesma “clínica” e lembro muito bem como foi.

Primeiro, a médica escreveu meu nome fora do espaço apropriado. Tudo torto e ilegível (medo). Em seguida, disse que não enxergava direito e nem podia caminhar porque fora atropelada – motivo: não enxergou o sinal verde para motoristas e atravessou a rua na hora errada (mais medo).

Para completar, perguntou se eu usava lentes de contato para correção. Eu disse que sim, ela mandou ler aquelas letrinhas semelhante ao que o oftamologista manda e eu não enxerguei nada porque estavam muitos pequenas. Vi que ela nem prestava atenção no meu exame e me deu nota 10 para visão.

Depois, tinha que apertar um instrumento com uma mão de cada vez, para medir a força, ou algo assim. O tal aparelho estava melado e ela disse: “Ah, não vai dar tempo de limpar porque meu horário vence ao meio-dia. Deixa, você tá boa, meu bem, não é preciso fazer”. Detalhe: antes de tudo, a tal doutora nem queria me atender, porque ia estourar o horário. Mas, felizmente, a recepcionista contestou: “Dá tempo, doutora, dá tempo”.

Por fim, cheguei na auto-escola com o papel da médica e vi que estava escrito Maria Ogênia em vez de Eugênia…

Ficamos curiosos para saber se esta velhinha dirige. Tomara que não. De gente inapta para dirigir, seja por falta de condições técnicas, seja por falta de educação, nossas ruas já estão fartas.

Esse post foi publicado em São Paulo. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s