Um show de calouros para deixar Silvio Santos morrendo de inveja

Nem Times Square, nem as peças da Broadway, nem os shows do Radio City Music Hall. Se você tiver apenas uma noite para se divertir em Nova York, o destino certo é o Apollo Theater. Fica no Harlem, o bairro dos negão. Toca som de preto, e do bão.

Quase ninguém com quem nós comentamos tinha ouvido falar, mas eu insisto que pra quem gosta de música, o Apollo é o que há. Tem um show de calouros sensacional, com concorrentes talentosos e um mestre de cerimônias que sabe como divertir uma plateia sem ser piegas. E olha que a plateia é grande.

Tivemos a sorte de ver a finíssima da Amateur Night de 2010. Ingressos esgotados, mas como se estivéssemos no Brasil, descolamos um cambista eficiente que nos colocou para dentro – com o cuidado de conseguir um lugar acessível para caldeirantes – (nesse ponto, os americanos são muito melhores, como diria o personagem do finado programa humorístico de rádio da (praticamente finada) 89 FM paulistana. Pagamos só um pouquinho além do preço oficial, e valeu cada centavo.

O teatro estava lotado e plateia foi um show em si. Cantava, dançava, gritava “Booooooo” quando não gostava da música, movendo os dois braços da esquerda para a direita como que dizendo para o candidato cair fora; aplaudindo quando queria ajudá-lo a ganhar a competição. Para quem cresceu vendo o Show de Calouros do Silvio Santos, foi uma prova de que aquela ideia pode ser muuuuito mais bem realizada.

No palco, os competidores mostravam competência no vocal e em várias instrumentos, dando um bom exemplo de que ainda se faz música black de qualidade. Das várias categorias, a vencedora que mais chamou a atenção foi uma garota de traços filipinos que tem uma voz incrível – é ela na foto com a gente.

A noite de calouros do Apollo existe desde 1934, bem antes de programas como Americanl Idol e outros do gênero. Já revelou artistas do calibre de Ella Fitzgerald, que participou da competição com apenas 15 anos. Foi campeã, claro. Ella, assim como todos os competidores, deve ter passado a mão na Árvore da Fortuna antes de se apresentar, pedindo a bênção sei lá de quem. O deus da black music é forte.

Se você estiver entre os milhões de brasileiros com planos de ir para Nova York em 2011, a Amateur Night será realizada todas as quartas-feiras, 19h30, de 26 de janeiro a 26 de outubro. Mais informações, clique aqui.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre Julio Cruz Neto

Escritor, documentarista e jornalista
Esse post foi publicado em Estados Unidos. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Um show de calouros para deixar Silvio Santos morrendo de inveja

  1. André disse:

    Sensacional, pessoas…. invejinha da boa.
    Quero muito isso no meu curriculo!!!!!
    Salve a vida, salve os amigos e se a trilha sonora for black… haja balanço!!! Salve!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s